A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.







Documento: Correspondência de D. Pedro II ao Almirante Joaquim
Marques Lisboa, Marquês de Tamandaré

Data
:
19 de agosto de 1891

Localização:
Vichy, França

Resumo: Breve carta do último Imperador brasileiro, já no exílio, acusando recebimento de correspondência do Almirante Tamandaré. Nos primeiros meses de 1891, Tamandaré teria sofrido “forte ataque palustre”, segundo informou em carta ao então Ministro da Marinha, Almirante Fortunato Foster Vidal, pedindo afastamento do cargo de conselheiro de guerra. Contudo, conforme depreende-se da carta escrita de próprio punho pelo Imperador, o Velho Marinheiro teria se recuperado daquela moléstia. Já D. Pedro d’Alcantara, utilizando metáforas marinheiras, indicava que seu estado de saúde, física ou mesmo psicológica, não era dos melhores. No tempo em que a carta foi redigida, repousava na estação de águas de Vichy. Em 5 de dezembro, menos de quatro meses depois, veio a falecer.

Clique no ícone do Acrobat® para baixar
a versão em *.pdf deste documento.