A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 



        

“Entre pescadores e canhões, a Guerra chegou ao litoral: a experiência dos soldados na transformação da Artilharia de Costa brasileira (1942-1945)
Between fishermen and cannons, the War reached the coast: The experience of soldiers in the transformation of Brazilian Coastal Artillery (1942-1945)


Rogério de Amorim Gonçalves
Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Coronel da Reserva (R/1) do Exército Brasileiro. Especialista em História Militar Brasileira (UNIRIO, 2011) e Mestre em Ciências Militares (ECEME, 2020).

Sandro Teixeira Moita
Professor de História. Bacharel e Licenciado em História (UFF, 2003), Especialista em História Militar Brasileira (UNIRIO, 2011), Mestre em História Social (UNIRIO, 2013) e Doutorando em Ciências Militares (ECEME).


RESUMO
Os ataques de submarinos alemães ao longo da costa brasileira, no contexto da Batalha do Atlântico dentro da Segunda Guerra Mundial, impuseram elevados custos ao Brasil em vidas humanas e perdas materiais. Tais ações fizeram com que o país ingressasse na guerra ao lado dos Aliados, especialmente pelo esforço diplomático dos Estados Unidos da América, o que permitiu o acesso a material militar moderno para o Brasil. Isso estimulou o crescimento da Artilharia de Costa, especialidade vocacionada para a defesa do litoral existente no Exército, com ativação de unidades em diversos pontos da costa, especialmente após o torpedeamento de dois navios, Baependy e Itagiba, vitimando pessoal do Exército. Isto levou milhares de soldados ao litoral, onde junto a civis, experimentaram tensão, medo e pressão constante, apenas, para ao final da guerra, serem esquecidos.


PALAVRAS-CHAVE:Soldados da praia; Artilharia de Costa; Batalha do Atlântico; Segunda Guerra Mundial




ABSTRAC
The attacks of German submarines along the Brazilian coast, in the context of the Battle of the Atlantic within the Second World War, imposed high costs on Brazil in human lives and material losses. Such actions led the country to join the war on the side of the Allies, especially through the diplomatic effort of the United States of America, which allowed access to modern military material for Brazil. This stimulated the growth of Coastal Artillery, a specialized Army branch dedicated to the defense of the coast, with the activation of units in several points of the coast, especially after the torpedoing of two ships, Baependy and Itagiba, killing Army personnel. This took thousands of soldiers to the coast, where together with civilians, they experienced tension, fear and constant pressure, only to be forgotten at the end of the war.


KEYWORDS: Soldiers of the beach; Coastal Artillery; Battle of the Atlantic; World War II