A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 



        

Memórias em disputa: a Revolta da Armada em Joaquim Nabuco e Felisbelo Freire
Memories in dispute: The Revolt of Armada in Joaquim Nabuco and Felisbelo Freire


Mustafá Reis Dalate
Mestrando em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista FAPERJ. Graduado em História pela mesma Universidade.


RESUMO
Este artigo tem por objetivo refletir as condições políticas presentes na passagem do Império para a República, os panoramas políticos em que se inserem a Revolta da Armada e seus ecos presentes no ano de 1896. Nesta discussão, as análises dos discursos literários contribuem para enriquecer as fontes de compreensão do tema histórico em questão, assim como refletir as demandas e intencionalidades na escrita da história.


PALAVRAS-CHAVE: Revolta da Armada; 1896; República




ABSTRAC
The present article aims to reflect on the political condicions under which Brazil was found during the transition from the Empire to the Republic regime, besides the political landscapes associated with the Revolt of Armada and its echoes in the year of 1896. In this discussion, the analysis of the literary discourses contributes to enrich the comprehension sourcers of this historical theme and also to create reflection on the demands and intentions along the writing of the history.


KEYWORDS: Revolt of Armada; 1896; Republic