A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 




        

O Direito Internacional na Guerra da Tríplice Aliança: os tratados que selaram a paz
International Law and the Paraguayan War: the treaties which sealed the peace



Barbara Dias Barbosa

Graduada em Direito pela Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP), pós-graduada em Direito Militar e Direito Processual Civil pelo IBRA e pós-graduanda em Direito Internacional pelo Complexo Educacional Damásio de Jesus.



RESUMO

A Guerra do Paraguai foi o maior conflito armado internacional que teve palco a América do Sul. As alianças que se estabeleceram no Prata, no período que antecede a guerra, foram decisivas para determinar tanto seu desfecho quanto o rearranjo geopolítico após o conflito. Nesse sentido, os tratados internacionais firmados antes e durante a Guerra da Tríplice Aliança também determinaram aqueles que os sucederam no pós-guerra. Desde os acordos internacionais de 1851 pelo Governo uruguaio, passando pelo Tratado da Tríplice Aliança e seu posterior descumprimento pelo Império do Brasil ao selar uma paz bilateral, até o derradeiro entendimento de fronteiras entre paraguaios e argentinos, em 1876, a diplomacia e o Direito Internacional foram os principais meios que redesenharam as relações políticas platinas e a própria geografia no porvir do Cone Sul.

PALAVRAS-CHAVE: Guerra da Tríplice Aliança; tratado internacional; Diplomacia

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

RESUMO
The Paraguayan War was the biggest international armed conflict staged in the South American region. The alliances that were sealed in the Rio de la Plata region before the conflict were decisive to determine not only the aftermath but also the geopolitical rearrangement after the war. In this light, the international treaties signed before and during the Triple Alliance War also settled those which were concluded in the post-war. Since the international treaties of 1851 signed by the Uruguayan government, the Triple Alliance Treaty and its bypass by the Brazilian Empire in sealing a bilateral peace, until the ultimate agreement on borders between Paraguayans and Argentinians, in 1876, diplomacy and International Law were the main tools in redesigning political relations and geography, influencing the coming years of the Southern Cone.

KEYWORDS :Triple Alliance War; International treaty; Diplomacy