A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 




        

A queda de Columbo e o deslocamento do eixo português do Índico para o Atlântico, século XVII
The fall of Columbo and the axis shift of Portuguese from the Indian Ocean to the Atlantic, 17th century


Érica Lôpo de Araújo
Professora adjunta da Universidade Federal do Piauí. Vencedora do prêmio Katia Mattoso de História 2018 e Autora de A arte de mandar: trajetória de um nobre português a serviço do império – Bahia, Portugal, Goa, séc. XVII. Salvador: Edufba, 2019


RESUMO
Esse artigo tem como objetivo demonstrar as disputas em torno da cidade de Columbo, na Ilha de Ceilão (atual Sri Lanka), uma das principais possessões do Estado português da Índia nos séculos XVI e XVII, e sua consequente queda para o domínio holandês em 1656. Dentre os elementos que corroboraram com esta perda territorial, esse estudo evidenciará que para além da ausência de homens para a guerra em razão do deslocamento de soldados e esforços para defesa das fronteiras do Estado do Brasil, cuja importância crescera para o reino de Portugal, a corrupção interna despontou como elemento fundamental para a perda daquele importante ponto de apoio para a circulação oceânica.


PALAVRAS-CHAVE: Circulação oceânica;Queda; Império português

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
This article aims to demonstrate the dispute over the city of Columbo, on the island of Ceylon (present-day Sri Lanka), one of the main possessions of the Portuguese state of India in the 16th and 17th centuries, and its consequent fall for the Dutch power in 1656. Among the elements that corroborated this territorial loss, this study will show that in addition to the absence of men for war due to the displacement of soldiers and efforts to defend the borders of the State of Brazil, whose importance had grown for the kingdom of Portugal, internal corruption has emerged as a key element in the loss of that important foothold for the ocean circulation.

KEYWORDS: Ocean circulation; Fall; Portuguese Empire