A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 




        

Do springfield ao violão, do morteiro ao pandeiro: sambas, marchas e reminiscências nas canções compostas integrantes do Regimento Sampaio da Força Expedicionária Brasileira em 1945 e 1966

From springfield to the guitar, from the mortar to the tambourine: sambas, marches and reminiscences in the gongs composed by Regimento Sampaio members of Brazilian Expedicionary Force in 1945 and 1966


Wanderson Ramonn Pimentel Dantas
Licenciado em História pela Universidade Federal do Piauí – UFPI; mestrando em História do Brasil pelo Programa de Pós-Graduação em História do Brasil – PPGHB – ligado à instituição anterior.


RESUMO
Esta pesquisa analisa as canções interpretadas na forma de sambas e marchas, compostas pelos veteranos do 1o Regimento de Infantaria (RI), o Regimento Sampaio. Essas canções foram gravadas em dois momentos: “Sambas produzidos na Campanha da Itália” e “Expedicionários em ritmos”. Seguindo uma análise biblio-gráfica, pretendemos abordar o caráter simbólico de Monte Castelo nas canções, e explicitar o porquê de sua presença nas reminiscências. Noutro momento, da pesquisa, o objetivo é situar os documentos de áudio no tempo, compreender a circunstâncias do momento histórico no qual a canção foi composta, e as interpreta-ções realizadas pelos veteranos em 1945 e 1966.

PALAVRAS-CHAVE: Força Expedicionária Brasileira; História; Sambas

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
This research analyzes the songs performed in the form of sambas and marches composed by veterans of the 1st Infantry Regiment, the Sampaio Regiment. These songs were recorded in two moments: “Sambas produ-ced in the Italian Campaign” and “Expeditioners in rhythms”. Following a bibliographical aspect, we intend to approach the symbolic character of Monte Castelo in the songs, and to explain why the presence in the reminiscences. At another point in the research, the objective is to situate the audio documents in time, to understand the circumstances of the historical moment in which the song was composed, and the interpreta-tions performed by the veterans in 1945 and 1966.

KEYWORDS: Brazilian Expeditionary Force; History; Sambas