A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.





A Primeira Guerra Mundial nas escolas: currículos e livros didáticos

World War I in Schools: Curriculum and Textbooks

Francisco Eduardo Alves de Almeida
Doutor em História Social (UFRJ), mestre em Educação (UERJ), bacharel e licenciado em História (UERJ), professor de História do Colégio Pedro II/Campus Engenho Novo II e coordenador da Especialização em Ensino de História do Colégio Pedro II. Carolina Mary Medeiros
Mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UERJ, bacharel e licenciada em História pela UFRJ, professora em regime de dedicação exclusiva do Colégio Pedro II, do Departamento de História do Campus Engenho Novo II e membro do Núcleo Transdisciplinar de Humanidades (NUTH) do Núcleo Transdisciplinar de Humanidades do Campus Engenho Novo II.


RÉSUMO
No ano de 1914, tinha início a Primeira Guerra Mundial. Há cem anos, o Brasil participava deste grande acontecimento que modificaria, sem dúvida alguma, a história mundial. Apesar da grande relevância, pouco se tem estudado sobre o tema, sobretudo, a participação do Brasil neste processo. Se na historiografia o tema é raro, o mesmo ocorre com o ensino de História. Neste artigo, analisamos dois livros didáticos utilizados no Colégio Pedro II, bem como o programa da disciplina de História do colégio em relação ao tema. Verificamos que, seja nos livros didáticos, seja no programa, a participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial e suas consequências é uma temática ora silenciada, ora analisada de forma restrita.

PALAVRAS-CHAVE: livros didáticos, ensino de História, Primeira Guerra Mundial

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
In the year 1914, World War I began. A hundred years ago, Brazil participated in this great event that would undoubtedly change world history. Despite the great relevance, little has been studied on the subject, mainly, the participation of Brazil in this process. If in historiography the theme is rare, so does history teaching. In this article, we analyze two didactic books used in the Colégio Pedro II, as well as the program of the discipline of History of the college in relation to the theme. We verified that in the textbooks, or in the program, the participation of Brazil in World War I and its consequences is a theme now silenced, now analyzed in a restricted way.

KEYWORDS: textbooks, teaching History, World War I