A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.





Da Ilha das Enxadas à Cattewater: os aviadores navais brasileiros
na Grande Guerra

From the Ilha das Enxadas to Cattewater: Brazilian Naval Aviators
in the Great War

Carlos Roberto Carvalho Daróz
Historiador militar e professor, especialista em História Militar, mestre em Operações Militares e mestrando em História do Brasil, professor da Universidade do Sul de Santa Catarina e sócio do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil.


RÉSUMO
O Brasil foi o único país sul-americano a enviar tropas para a Europa durante a Grande Guerra e atuou em quatro frentes, disponibilizando uma Divisão Naval para patrulhar a costa ocidental da África; uma missão médica para instalar e operar um hospital militar em Paris; uma comissão de oficiais do Exército para estudo de operações na França e um grupo de aviadores navais para realizar curso e, posteriormente, participar de missões aéreas de combate. A presente pesquisa tem como propósito analisar a atuação dos aviadores navais (e um militar) brasileiros na Itália, nos Estados Unidos e no Reino Unido durante o conflito e as consequências advindas para a implantação do nascente componente aéreo na Marinha do Brasil e no Exército Brasileiro, lançando uma luz sobre este pouco conhecido episódio da História do Brasil.

PALAVRAS-CHAVE: Primeira Guerra Mundial, Aviação Naval, Aviação Militar

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
Brazil was the only South American country to send troops to Europe during the Great War and acted on four fronts, providing: a Naval Division to patrol the west coast of Africa; A medical mission to set up and operate a military hospital in Paris; A commission of Army officers to study operations in France; And a group of naval aviators to undertake course and subsequently participate in combat air missions. The purpose of this research is to analyze the performance of Brazilian naval (and one Army) aviators in Italy, the United States and United Kingdom during the conflict, and the consequences for the deployment of the nascent air component in the Brazilian Navy and in the Brazilian Army, shedding light on this little-known episode of Brazilian History.

KEYWORDS: World War One, Naval Aviation, Army Aviation