A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.




        

A “Hipótese Erradicadora” e a organização do Corpo de Marinheiros:
a Marinha Imperial como laboratório
The “eradicating hypothesis” and the organization of the Seamen Corps:
the Imperial Navy as laboratory


Wagner Luiz Bueno dos Santos
Mestre em História Social pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutorando em História Social pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (PPGH – UNIRIO) e servidor da Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM).


RESUMO
Neste trabalho, analisaremos as transformações ocorridas no corpo de praças da Marinha Imperial em meados do século XIX à luz da hipótese erradicadora defendida por Edmundo Campos Coelho. Em nossa análise destacaremos a criação do Corpo de Imperiais Marinheiros e das Companhias de Aprendizes-Marinheiros. Na tese publicada originalmente em 1976, na obra Em busca da identidade: O Exército e a política na sociedade brasileira, Edmundo Campos sustenta que houve, por parte da política Imperial, uma ação agressiva cujo objetivo foi a redução do efetivo do Exército em alguns momentos no decorrer do período Imperial que alcançou os primeiros momentos da República.

PALAVRAS-CHAVE: Companhias de Aprendizes-Marinheiros; Corpo de Imperiais Marinheiros; Política Militar; História Naval Brasileira

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)
ABSTRACT
In this work, we submit the transformations that took place in the Imperial Navy in the middle of the 19th century, highlighting the creation of the Seaman Corps and the Sailors School, to the eradication thesis defended by Edmundo Campos Coelho. In the thesis originally published in 1976 in the book Em busca da identidade: O Exército e a política na sociedade brasileira, the author maintains that there was an aggressive action by Imperial politics whose objective was the reduction of Army personnel at certain moments during the course of Imperial period reaching the first moments of the Republic.

KEYWORDS: Sailors School; Seaman Corps; Military Politics; Brazilian Naval History