A Revista NAVIGATOR é dirigida a professores, pesquisadores e alunos de História e tem como propósito
promover e incentivar o debate e a pesquisa sobre temas de História Marítima no meio acadêmico.

 




        

“É uma lata velha brasileira e vai se afastar”: condicionantes estruturais e processo de tomada de decisão no afundamento do submarino U-513
“It is a Brazilian old crate and will turn away”: structural conditions and decision-making process in the sinking of submarine U-513


Dennison de Oliveira
Professor Titular do Departamento de História da Universidade Federal do Paraná.



RESUMO

O artigo se refere ao estudo de caso do afundamento do U-513 por um hidroavião estadunidense Mariner do grupo de aviação VP-74 em 19/7/1943. Foram consultados a documentação daquela unidade, depositada no US National Archives and Records Administration (NARA II), em Maryland (EUA), e documentos de outras organizações da Marinha estadunidense disponíveis em repositórios digitais, permitindo lançar novas luzes sobre como, em um contexto cada vez mais hostil, os comandantes de submarinos alemães contavam infligir perdas aos Aliados, ao mesmo tempo em que se esforçavam por evitar serem destruídos. Com base nas informações levantadas podemos entender os pressupostos que nortearam a última ação de combate do submarino, bem como as opções que escolheu no crítico momento em que foi atacado e afundado por uma aeronave inimiga.

PALAVRAS-CHAVE: Segunda Guerra Mundial; Guerra antissubmarino; U-513

(Veja o artigo na íntegra na versão PDF)

ABSTRACT
The article refers to the case study of the sinking of the U-513 by an American Mariner seaplane of the aviation group VP-74 on 7/19/1943. The documentation of that unit deposited with the US National Archives and Records Administration (NARA II) in Maryland (USA) was consulted, as well as documents from other US Navy organizations available in digital repositories, allowing to shed new light on how, in a context each increasingly hostile, German submarine commanders expected to inflict losses on the Allies, while striving to avoid being destroyed. Based on the information gathered, we can understand the assumptions that guided the submarine’s last combat action, as well as the options it chose at the critical moment when it was attacked and sunk by an enemy aircraft.

KEYWORDS: World War II; anti-submarine warfare; U-513 Navigator